MUSB15 – Composição VI

Professor: Marcos da Silva Sampaio

Ementa

Continuação de Composição Musical V: Estudo e prática de Técnicas Composicionais – manipulação e exploração de elementos musicais do século XX, politonalismo, pós-tonalismo, atonalismo, serialismo, aleatorismo e audição comentada de obras representativas do século XX, com ênfase em obras de pequenas dimensões.

Conteúdo programático

Itens para aprofundamento

  1. Teoria Pós-Tonal
  2. Teoria de Relações de Contornos Musicais
  3. A combinar

Itens gerais

  1. Politonalidade (Ok)
  2. Serialismo
  3. Conjunto de classes de notas (Ok)
  4. Procedimentos imitativos
  5. Organização total
  6. Indeterminância: improvisação, aleatoridade, indeterminância, música formalizada (?)
  7. Música experimental
  8. Efeitos especiais
  9. Apresentação e discussão do trabalho criativo
  10. Composição para formações camerísticas até orquestras de pequenas dimensões

Avaliação

A avaliação nesta disciplina é realizada mediante trabalho de composição e participação nas atividades em aula ao longo do semestre. O critério de correção é subjetivo, como a própria natureza da disciplina.

Nota

A média final é equivalente à média ponderada das notas dos trabalhos nessa proporção:

  • composição para orquestra com duração de 5 a 7 minutos (peso 6)
  • participação nas atividades de aulas

Segunda chamada

O aluno que não entregar um dos trabalhos no dia marcado terá direito a entregar na aula seguinte se a requerer até dois dias úteis após a sua realização comprovando-se umas das seguintes situações:

  1. direito assegurado por legislação específica
  2. motivo de saúde comprovado por atestado médico
  3. razão de força maior, a critério do professor.

A nota atribuída em segunda chamada substituirá a nota zero, e a falta à segunda chamada implicará na manutenção automática e definitiva da nota zero. Para maiores detalhes consultar o Artigo 115 do Regulamento de Ensino de Graduação.

Cronograma

Este cronograma é uma previsão e poderá ser alterado ao longo do semestre.

[A definir]

 

Trabalhos

Composição final

A composição final deverá ter duração de 5 a 7 minutos e formação equivalente à Orquestra Sinfônica da UFBA (1111,1111,1 perc.,cordas).

Análise

Ao longo do semestre as obras listadas serão analisadas em conjunto durante as aulas:

Orquestra

[A definir: Indeterminação]

  1. http://imslp.org/wiki/Rapsodie_espagnole_(Ravel,_Maurice)
  2. http://imslp.org/wiki/Russian_Easter_Festival,_Op.36_(Rimsky-Korsakov,_Nikolay)
  3. http://imslp.org/wiki/5_Pieces_for_Orchestra,_Op.16_(Schoenberg,_Arnold)
  4. http://imslp.org/wiki/Symphony_No.5,_Op.60_(Scriabin,_Aleksandr)
  5. http://imslp.org/wiki/Symphony_No.5,_Op.64_(Tchaikovsky,_Pyotr)
  6. Carter, Elliott – Three Occasions for Orchestra (Boosey and Hawkes, 1992)

Câmara

  1. Milhaud, Saudades do Brasil
  2. Schoenberg, Op. 25. Prelúdio
  3. Webern, Op. 5
  4. http://imslp.org/wiki/String_Sextet_No.1,_Op.18_(Brahms,_Johannes)
  5. http://imslp.org/wiki/Music_for_Strings,_Percussion_and_Celesta,_Sz.106_(Bart%C3%B3k,_B%C3%A9la)
  6. http://imslp.org/wiki/Octandre_(Var%C3%A8se,_Edgard)

Notas e frequência

As notas dos alunos estão disponíveis no link abaixo e serão atualizadas durante o curso:

 

Distribuição de notas

O gráfico abaixo apresenta a distribuição da média final da turma. O
eixo X contém faixas de notas (entre 0 e 1, 1 e 2, etc.) e o eixo Y
contém o número de alunos com média final dentro das faixas.

 

Bibliografia

Edward Aldwell, Carl Schachter (2002) Harmony and Voice Leading, Thomson Schirmer, url

Vincent D'Indy (1912) Cours de composition musicale, Paris: Durand

Robert Gauldin (1997) Harmonic practice in tonal music, New York, NY: W.W. Norton and Company

Douglass M. Green (1979) Form in tonal music: An introduction to analysis, Holt Rinehart and Winston, url

George Grove, Stanley Sadie (1980) The New Grove dictionary of music and musicians, Stanley Sadie (ed.), London, Washington: Macmillan Publishers

Ellis Bonoff Kohs (1976) Musical Form: Studies in analysis and synthesis, Boston: Houghton Mifflin

Stefan M. Kostka, Dorothy Payne (1995) Tonal harmony, with an introduction to twentieth-century music, New York, NY: McGraw-Hill

Claude V. Palisca (2001) Norton Anthology of Western Music, New York and London: W. W. Norton & Company

Don Michael Randel (ed.) (1986) The New Harvard Dictionary of Music, Cambridge, MA: Belknap Press of Harvard University Press

(2015) Resposta Tonal, url

Walter Piston (1959) Harmony, London: Victor Gollancz Ltd

Arnold Schoenberg (1983) Theory of harmony, Berkeley, CA: University of California Press, url

Arnold Schoenberg (1967) Fundamentals of Music composition, Faber and Faber, url

Arnold Schoenberg (1954) Structural functions of harmony, Leonard Stein (ed.), London: Faber and Faber, url

Ulrich Michels (1982) Atlas de Música, Madrid: Alianza

(2000) musictheory.net, url

George A. Wedge (1930) Applied harmony, a text-book, New York: Schirmer