MUSB22 – Música Computacional II

Failed refreshing OAuth2 access token: {"error":"invalid_grant","error_description":"Invalid grant"}

Professor: Marcos da Silva Sampaio

Resumo

O objetivo deste curso é fornecer conhecimento introdutório e prático sobre análise musical assistida por computador. Ao final do curso, o estudante estará apto a montar estudos com suporte estatístico para ajudar a responder questões como “Que contextos musicais justificam saltos melódicos não compensados nos corais de J.S.Bach?”. O conteúdo abrange codificação musical e frameworks de análise, repositórios de partituras para análise, aplicações de análises assistidas, estatística básica, uso de computador para análise musical e formulação de questões de pesquisa. Formalmente não há pré-requisito, mas é necessário conhecimento sobre harmonia tonal, forma e algum conhecimento de software de planilha de cálculos. Não é necessário ter experiência de programação de computadores.
A disciplina tem carga horária de uma hora semanal e a avaliação ocorrerá mediante pequenos trabalhos semanais/quinzenais e um trabalho final.

Conteúdo

  1. Musicologia Computacional: conceitos, potencial, ferramentas.
  2. Codificação: áudio, midi, kern, xml.
  3. Frameworks: Humdrum, Music21.
  4. Coleções de partituras digitais: Kern Scores, Music21, Genos.
  5. Visualização de dados musicais.
  6. Análise melódica.
  7. Algoritmos simples: contagem, distribuição.

Material para análise

Trabalhos

  1. Analisar aspectos melódicos e harmônicos de um coral de Bach
  2. Ver possíveis estudos com dados do soprano do coral 001
  3. Identificar tonalidade do coral secreto
  4. Verificar saltos de nona nos baixos nas cantatas de Bach (corais 131, 151, 155, 328 e 358, edição Riemenschneider)
  5. Analisar frequência de intervalos soprano Sol maior. Ver, por exemplo, compensação de saltos
  6. Ler artigo “Sampaio et al 2014”: do que se trata, o que tem de interessante, o que é relevante para o que faço, há alguma crítica?
  7. [futuro] Elaborar algoritmo de identificação de tonalidade
  8. Identificar contexto de uso do acorde de iii grau no modo maior
  9. Identificar relação entre acordes em posição fechada e posição aberta nos corais de Bach em Dó maior
  10. Analisar âmbito e frequência de ocorrência de ritmos das obras de Pixinguinha

Bibliografia