Manual de procedimentos

Este é o manual de procedimentos da pesquisa sobre Flauta Solo.

Definições editoriais

  1. Método a ser utilizado: transcrição diplomática de fonte única
  2. Critério para escolha de fontes:
    1. Adotaremos as obras constantes no IMSLP, mas não necessariamente as fontes que lá estão
    2. Prioridade para fontes editadas modernas (com aparato crítico)
  3. Em obras compostas por vários movimentos, cada movimento será considerado enquanto unidade, e assim será respectivamente catalogado
  4. Ainda serão decididos os critérios para catalogação (definição dos tags do banco de dados)
  5. No caso de obras pedagógicas, ainda serão decididos critérios editoriais para o recolhimento de unidades

Tarefas

Download de composições

Os arquivos baixados no IMSLP deverão ser salvos na pasta Copy/GenosResearchGroup/FlautaSolo/Fontes/ com o nome original gerado pelo IMSLP (Por exemplo, IMSLP32138-PMLP54405-Teleman_12_Fantasias_for_Traversiere.pdf)

Expansão de repetições

A expansão consiste  em escrever a peça inteira por extenso, eliminando qualquer sinais de repetição como ritornelos, Dal segno, coda, expressões de ritornelo 1ª e 2ª  vez, Da Capo,  etc .

Instruções para expansões das peças:

  1.  As expansões devem gerar um outro arquivo que difere dos arquivos das edições, é necessário usar o sufixo “EXP”  no título do arquivo gerado; “títuloEXP.mus” (Por exemplo, EXTRA0001aEXP),  estes arquivos deverão ser inseridos no Copy, na pasta “Partituras”.
  2.  Depois de expandidos  é necessário exportar um arquivo formato .XML de mesmo nome do arquivo EXP, estes arquivos também deverão ser inseridos no Copy, na pasta “Partituras”.

Instalação de ferramentas

A instalação dos softwares da pesquisa está documentada no README do repositório no GitHub.

Primeiros Passos do Novo Usuário (Copy)

O Copy é um gerenciador de compartilhamento de arquivos entre usuários participantes de um mesmo grupo, este disponibiliza para o usuário livre, aquele que opta por utilizar seus serviços gratuitos, um espaço de 15GB para armazenar arquivos na rede e compartilha-los .

Uma vez cadastrado o usuário deve solicitar participação no grupo do Genos, para isso basta fornecer o e-mail utilizado no cadastro do copy para o administrador do grupo. Assim que o e-mail for adicionado a lista de compartilhamento o novo usuário encontrará uma notificação na sua página do Copy, esta é dividida em duas colunas, na coluna da esquerda serão encontradas duas pasta identificadas por Copy Folder, a primeira delas que será utilizada para o usuário armazenar os arquivos que julgar necessário, e a pasta Shared With Me, esta trata-se dos arquivos que serão compartilhados por outros usuários e é nesta pasta que será encontrada a notificação já referida anteriormente . Ao clicar na mesma, na coluna da direita surgirá a pasta nomeada Flauta Solo clique nesta pasta e mais a direita haverá outra pasta com o mesmo nome e clicando nesta mais a direita novamente surgirá todas as pastas divididas em categorias onde localizam-se os documentos referentes a pesquisa, ao clicar em qualquer uma dessas pastas surgirá mais a direita o conteúdo da pasta escolhida, e clicando no conteúdo, novamente a direita da tela, aparecerá uma miniatura do documento e abaixo do mesmo um pequeno menu onde o usuário pode fazer o download do documento.

No Copy também existe a possibilidade de tornar o download dos arquivos compartilhados com o usuário automático, para tanto basta fazer o download do aplicativo do Copy clicando em Install App localizado no canto superior esquerdo da página, fazendo isso será instalado no computador pessoal do usuários um atalho para ter acesso aos arquivos compartilhados sem ser necessário o uso da internet, pois será criada uma pasta no disco rígido onde serão armazenados os arquivos encontrados no Copy, e estes no momento da instalação podem ser escolhidos quais serão armazenados no computador pessoal.

Uso da pasta Flauta Solo (Copy)

Todos os arquivos utilizados e elaborados ao longo da pesquisa ficarão armazenados na pasta Flauta Solo, no gerenciador Copy. Os arquivos deverão ser editados diretamente na pasta, para que o gerenciador guarde as suas versões.

A pasta Copy é organizada nas seguintes subpastas:

  1. Backup – scripts e arquivos de backup da página do GitHub.
  2. Bibliografia – arquivos pdf com a bibliografia a ser usada no projeto.
  3. Fontes – arquivos pdf baixados do IMSLP com seus títulos originais. Esta pasta não deverá conter subpastas.
  4. Partituras – partituras do IMSLP editadas e salvas em ambos os formatos .mus e .xml.
  5. PIBIC – documentos referentes ao PIBIC, como editais, projetos e planos de trabalho.
  6. Produção – documentos diversos produzidos pelo Genos, como relatórios individuais, artigos, etc.
  7. PureData – ferramentas composicionais desenvolvidas durante o trabalho. Esta pasta não deverá conter arquivos em formato wav.
  8. Tutoriais – vídeos e manuais sobre diversas tarefas da pesquisa, como criação de tarefas no GitHub.
  9. Templates – modelos para elaboração de relatórios, artigos e outros documentos produzidos durante a pesquisa.

Uso de templates

Os relatórios mensais e anotações da pesquisa deverão ser feitos com base nos templates disponíveis na pasta Templates, no Copy, e deverão ser salvas na pasta Produção com o título indicado no template.

Tutoriais

Na pasta Tutoriais, no Copy, há vídeos com tutoriais para diversas tarefas:

  1. Criação de tarefas no GitHub
  2. Transferência de arquivos para o Copy
  3. Inserção de foto no GitHub

Edição de Vídeo

  1. O título do vídeo deve sempre ser o nome da palestra (tema).
  2. É ideal que haja uma apresentação vídeo, como quadro inicial do vídeo, contendo infomações como:
    1. Nome do vídeo (tema da palestra);
    2. Nome do ministrante;
    3. Identificação de que essa é uma atividade do grupo de pesquisa Genos;
    4. Ao longo do vídeo, como marca d’água, o símbolo do Genos deve ser inserido no canto direito em tamanho pequeno. Esse símbolo pode ser encontrado na pasta Templates, no Copy.
    5. O vídeo deve ficar no formato .AVI, e tamanho 640×480. A taxa de bits totais deve girar em torno de 1500 a 1700kbps. A taxa de bits do audio pode ser 320kbps, já que o mais importante desse conteúdo é o áudio.
  3. O nome do ministrante, juntamente com a informação sobre a atividade (listado no item 2.3) devem ser colocados na descrição do vídeo no Youtube;

Elaboração de ata

  1. O título do Post na página do Genos deve ser sempre “Ata da Reunião do dia …”, mesmo que o evento seja uma palestra.
  2. É importante listar todos que estavam presentes no evento (se possível, colocar a referência do Github de cada um dos participantes, como link);
  3. É interessante disponibilizar, em forma de link, o(s) vídeo(s) referentes ao evento;
  4. Ao disponibilizar as informações sobre o tema da palestra, ser bem sucinto, limitando a colocar apenas as informações principais sobre o tema, para que a ata não fiquei muito extensa.
  • Sugestão: Para edição do vídeo pode-se usar o programa Sony Vegas Pro, pois aceita vários formatos de input de vídeo, além de possuir as ferramentas necessárias para a edição descrita. É interessante que o vídeo a ser disponibilizado tenha uma tamanho pequeno (entre 700MB a 1 GB).

Código de identificação de arquivo

O código de identificação está disponível em página separada.

Funções especiais

  1. Editor do manual de procedimentos. Responsável por organizar e redigir este manual de procedimentos. O editor deverá documentar todas as tarefas que tiverem potencial de repetição para que os colaboradores possam consultar o procedimento de execução no manual. Ele terá o apoio dos especialistas em tarefas.
  2. Administrador de ferramentas. Responsável por manter o grupo usando as ferramentas da pesquisa. É sua função ajudar os colaboradores com as possíveis dúvidas, os novatos com a familiarização com as ferramentas, e manter-se atualizado com os recursos das ferramentas.
  3. Administrador de bibliografia. Responsável por registrar corretamente os itens bibliográficos. É sua função preencher os dados de entrada dos itens bibliográficos no Mendeley e manter-se atualizado com os recursos do Mendeley. Ele precisa conhecer as especificidades dos tipos bibliográficos como artigo em periódico, artigo em eventos, livros  e teses.
  4. Editor de atas. Responsável por documentar os temas tratados nas reuniões e as decisões tomadas. O editor precisa manter um padrão simples, direto e informativo, como o usado na ata da reunião de 25/07/2013. O editor de atas gerais irá elaborar todas as atas de reuniões em que ele estiver presente.
  5. Especialista em tarefas. Responsável por auxiliar os colaboradores que tiverem dúvidas relacionadas com a sua especialidade. O especialista deverá ser proativo e se antecipar na resposta das questões referentes à sua especialidade quando ocorrerem no GitHub. O especialista deverá dar suporte ao editor do manual de procedimentos na elaboração deste manual, apontando procedimentos que podem prevenir dúvidas futuras.

Passos iniciais para novatos

  1. Familiarizar-se com o guia do membro do Genos
  2. Informar nome completo, CPF, data de nascimento e celular (TIM, preferencialmente) a Marcos
  3. Criar currículo Lattes, inserir informações mínimas (ensino médio e graduação em curso) e avisar Marcos
  4. Criar conta no GitHub, inserir foto em seu perfil e enviar login criado ao administrador de ferramentas. Na pasta Copy do projeto há um vídeo mostrando como inserir a foto.
  5. Solicitar ao administrador de ferramentas a inscrição na lista de emails do projeto
  6. Solicitar participação no grupo de bibliografia do projeto
  7. Criar conta no Copy e solicitar ao administrador o compartilhamento da pasta de documentos do projeto

Passos necessários para registro no PIBIC

  1. Confirmar acesso ao SIUS/UFBA
  2. Inserir projeto no currículo Lattes (ver vídeo)
  3. Cumprir requisitos da seção 4 do edital

Inscrição em projeto para o PIBIC

  1. Verificar documentação necessária no edital
  2. Preencher, imprimir e assinar documentação
  3. Pegar assinatura do orientador
  4. Entregar documentação no PIBIC (Rua Basílio da Gama, próximo à Faculdade de Odontologia)

Obrigações do bolsista/voluntário PIBIC

Obrigações do PIBIC

Todas as obrigações abaixo são condições para o recebimento da bolsa. O estudante assina um termo com o PIBIC se comprometendo em cumprir todos esses itens.

      1. Entregar um relatório parcial de atividades (meados de janeiro)
      2. Entregar relatório final de atividades (final de julho)
      3. Apresentar comunicação oral em Seminário Estudantil de Pesquisa (início de novembro)
      4. Curso de línguas do PROFICI. Frequência e aprovação são condições

Obrigações do Genos

As atividades seguintes são exclusivas ao grupo de pesquisa Genos:

      1. Apresentar relatório mensal de atividades para toda a equipe (oral e escrito)
      2. Escrever artigo com recorte individual de pesquisa (meados de julho)
      3. Participar das atividades de pesquisa do Genos: seminários, palestras e aulas